PELA PROIBIÇÃO DAS CORRIDAS DE GALGOS EM PORTUGAL.

PELA PROIBIÇÃO DAS CORRIDAS DE GALGOS EM PORTUGAL.
PELA PROIBIÇÃO DAS CORRIDAS DE GALGOS EM PORTUGAL. Click na imagem e assine sff.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Correr é saudável mas tem limites

A princípio todos os cães podem correr, a menos que apresentem alguma doença que restrinja as atividades. Alguns, no entanto, têm um "dom especial"  para a corrida.
As raças mais adaptadas para a corrida pertencem ao grupo dos lebréis, como Whippet, Greyhound, Saluki, e Afganhound existindo porém muitos mais galgos.
Estes cães são ótimos, principalmente para curtas distâncias. Cães de caça e pastoreio também têm facilidade para correr, como o Border Collie (Grã-Bretanha). 

Em contrapartida, mesmo trotes curtos podem ser um suplício para outros cães. Raças com muito pêlo como o Akita (Japão), o Husky siberiano (Alasca) e os braquicefálicos como o Bulldog (Inglês) e o Pug (raça dos antigos imperadores chineses) podem não suportar exercícios intensos ou mais prolongados. Os primeiros devido ao excesso de pelo, que os faz sofrer com o calor, e os braquicefálicos por dificuldade na respiração, já que suas vias aéreas são muito estreitas.

O importante  é estar atento para não o deixar exagerar na corrida, não sofrer lesões, não desidratar, servindo assim a corrida para manter  a saúde do seu cão.